Arquivos Blogger Max

Dicas de Saúde

Especialista responde tudo o que você quer saber sobre saúde anal
Algumas dúvidas sobre uma região do corpo que faz toda a diferença. Fazer a “chuca” todos os dias pode causar algum problema? Sinto meu ânus diferente depois de fazer a lavagem. Existe alguma relação?
Quanto à frequência, se a finalidade for para a relação sexual e você não tiver nenhuma afecção proctológica (hemorróida, fissura) e nem mantido uma relação de dependência com a chuca, não tem problemas. E a “chuca”, independentemente do número de vezes realizada, não muda a anatomia ou fisiologia do ânus.
Tenho problemas de hemorróidas e sinto uma ardência na hora do sexo anal. É por causa da hemorróida? O que faço para amenizar o problema? Não quero mais sentir dor.
As hemorróidas não são causadas pela relação anal, porém uma porcentagem de casos se acompanha de uma inflamação na parte interna do ânus, conhecida como proctite. O atrito do pênis com a inflamação determinará dor e sangramento anal, principalmente se a lubrificação não for adequada e o ativo for impaciente em realizar uma penetração adequada. O correto é você fazer um exame específico para inspecionar a parte interna do ânus, chamado anuscopia, com a finalidade de ter um diagnóstico e saber a forma de tratamento mais adequada para o seu caso. A minha conduta se confirmadas as hemorróidas internas é a secagem com o laser, pois é a mais definitiva em longo prazo para uma relação anal saudável.
É verdade que fazer sexo anal causa câncer de próstata?
O sexo anal não causa o Câncer de próstata, muito pelo contrário. A glândula, por ser ricamente inervada e vascularizada, representa um ponto importante de prazer e orgasmo para a relação anal.
Cuecas coloridas podem causar problemas anais?
Sim. Por conterem muitas vezes produtos químicos sabidamente irritantes para a pele, ocasionando uma irritação na pele perianal, diagnosticada como dermatite de contato. As brancas são as ideais.
Meu ânus apresenta uma ferida de forma elipsóide, bem pequena, na parte superior. No começo, ela doía muito e sangrava. Tomei alguns medicamentos e a lesão sumiu. Sempre uso lubrificantes e cremes após o sexo, mas mesmo assim a ferida voltou a aparecer. Já não sangra nem dói tanto, mas insiste em aparecer. O que o senhor sugere?
A ferida por você descrita anatômica e clinicamente é uma fissura anal classificada como crônica. A causa desta fissura é a pressão elevada do músculo formador do esfíncter anal. A cirurgia é a forma definitiva de tratamento para a fissura crônica. Eu realizo a retirada da fissura e diminuição da pressão no músculo anal com o laser sob anestesia local.
Fonte: Mix Brasil

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!